STJ determina que rótulos avisem sobre variação nutricional de 20%
30.09.2016

Aline Leal – Repórter da Agência Brasil
O Superior Tribunal de Justiça (STJ) determinou que a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) exija dos fabricantes de alimentos a inclusão de advertência de que os valores nutricionais informados nos rótulos dos produtos podem variar em até 20%, para mais ou para menos.

A decisão foi tomada esta semana pela Segunda Turma do STJ a partir de ação civil pública do Ministério Público Federal (MPF). Após apurar irregularidades na rotulagem de produtos light e diet, o MPF ajuizou ação para que a Anvisa, que tem a prerrogativa de normatizar e fiscalizar os produtos alimentícios, exigisse essa advertência nos rótulos.
O ministro do STF Herman Benjamin, relator do caso no tribunal, considerou que o consumidor tem o direito de ser informado no rótulo dos produtos alimentícios da existência dessa variação nos valores nutricionais, “principalmente porque existe norma da Anvisa permitindo essa tolerância”.

Normas da Anvisa determinam a informação nutricional e a rotulagem de alimentos, autorizando a tolerância de até 20% a mais ou a menos nos valores de nutrientes declarados no rótulo. O ministro relator ainda ressaltou que o direito à informação é assegurado pela Constituição Federal e que os rótulos são mudados com muita frequência, o que significa que a alteração não representará grande dificuldade para os fabricantes.

Procurada pela Agência Brasil, a Anvisa disse que não foi intimada a respeito da decisão. “A Agência está estudando as possibilidades recursais para o caso”, informou, em nota.
Fonte: Agência Brasil


Outras publicações
PROGRAMA DE RECUPERAÇÃO FISCAL DE CURITIBA REFIC-COVID-19 ENTRA EM VIGOR
18.12.2020

Entrou em vigor no último dia 7 de dezembro a Lei Complementar n º 125/2020, que institui Programa de Recuperação…

Roda de Conversa sobre Compliance é hoje
10.12.2020

Na última Roda de Conversa de 2020, os participantes irão debater o tema “COMPLIANCE sobre o olhar da FCPA –…

Congresso de Direito Comercial da Região Sul
09.12.2020

A Advogada e Presidente da Câmara de Mediação e Arbitragem da OAB-PR, Inaiá Botelho participará no dia 10/12 (quinta-feira), às…