Marlus Arns fala sobre acordo de leniência e compliance no ‘Justiça para Todos’
06.07.2017

Nesta quarta-feira (05), o Justiça Para Todos conversou com o advogado Marlus Arns de Oliveira, que trouxe aos ouvintes da rádio Educativa mais informações sobre acordos de leniência e colaboração premiada. Ele explicou, primeiramente, a definição dos dois conceitos e suas origens no Judiciário brasileiro, avaliando a importância desses tipos de acordo na investigação de casos de corrupção. “O colaborador traz fatos que são muito difíceis de serem investigados; fatos que ocorrem dentro de uma organização criminosa e que apenas as pessoas que estão dentro dessa organização têm conhecimento”, comenta.


Durante a conversa, o advogado também explicou quais são os pré-requisitos para o fechamento desse tipo de colaboração, bem como as obrigações e os benefícios das empresas ou pessoas físicas que firmam esses acordos com o poder público. Falando sobre sua experiência profissional na área, Arns refletiu, ainda, sobre os principais desafios no contexto político e jurídico para a eficácia do combate à corrupção. “O momento é de aperfeiçoarmos esse instituto da colaboração e da leniência para que ele traga o maior benefício possível para o Estado e para aqueles que colaborem”, destaca o advogado.
Confira na íntegra: http://bit.ly/2sGo1DB

Fonte: Justiça Para Todos – Programa de Rádio da Amapar


Outras publicações
Programa de retomada fiscal lançado pela PGFN garante condições diferenciada de renegociação de débitos tributários
05.11.2020

Inaiá Botelho A Procuradoria da Fazenda Nacional lançou em outubro deste ano um programa de retomada fiscal, consistente em um…

LIVE sobre Direito do Consumidor
14.10.2020

Nesta quarta-feira (14/10), às 17h, o Advogado Marlus Arns de Oliveira receberá o Advogado Rafael Furtado Madi para uma live…

Arns de Oliveira & Andreazza apoiará edição 2020 do maior seminário de Ciências Criminais da América Latina
23.09.2020

O escritório Arns de Oliveira & Andreazza Advogados Associados é um dos patrocinadores do 26º Seminário Internacional de Ciências Criminais….