Justiça Para Todos esclarece dúvidas sobre os direitos e deveres dos passageiros de ônibus rodoviários
29.07.2016
Justiça Para Todos esclarece dúvidas sobre os direitos e deveres dos passageiros de ônibus rodoviários

Tema:

Empresas de ônibus rodoviários – direitos e deveres

Entrevistado:

Advogado Gilson Goulart Jr.

No programa Justiça Para Todos desta segunda-feira (25), o advogado Gilson Goulart Jr. trouxe aos ouvintes da rádio É-Paraná, AM 630, informações sobre os direitos e deveres das empresas de ônibus rodoviários em relação aos passageiros. O advogado respondeu durante a entrevista dúvidas muito frequentes dos usuários desse meio de transporte.

Sobre as passagens gratuitas, por exemplo, Goulart esclareceu aos ouvintes quem são as pessoas que podem usufruí-las. ”Idosos, a partir dos sessenta anos e com renda igual ou inferior a dois salários mínimos têm o direito a gratuidade, até dois assentos”, explicou o advogado e complementou: ”as pessoas com necessidades especiais, sejam elas físicas, mentais, visuais ou auditivas e que sejam comprovadamente carentes, também têm direito a essa gratuidade, mas elas têm que estar com a carteira do ‘passe livre’ fornecida pelo Ministério dos Transportes”.

Clique aqui e ouça na íntegra a entrevista com o advogado Gilson Goulart Jr.

Fonte: AMAPAR

[ssba]

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Outras publicações
Artigo “Projeto do Novo Código de Processo Penal: a investigação defensiva na perspectiva da distribuição do ônus da prova”
18.01.2022

Está disponível no site do Instituto Brasileiro de Direito Penal Econômico (IBDPE) o artigo “Projeto do Novo Código de Processo…

Live “Justiça Eleitoral em alta”
14.12.2021

Amanhã (15/12), às 16h, acontecerá a live “Justiça Eleitoral em alta” com o Advogado Marlus Arns de Oliveira e a…

Lançamento do livro sobre Mediação e Arbitragem
06.12.2021

Será lançado hoje (06/12), às 18h, o livro “Mediação e Arbitragem para resolução de conflitos nas sociedades de advogados”. A…