III ENCONTRO DE INTERNACIONALIZAÇÃO DO CONPEDI – MADRID/ESPANHA.
30.03.2016

O trabalho aporta uma reflexão sobre os limites que o uso da internet estabelece ao exercício do Direito de liberdade, reconhecido nas constituições democráticas como a preservação do exercício da autonomia da vontade na vida diária dos cidadãos/pessoas, que formam parte de uma concreta organização social e política, respeitando o exercício de sua própria por outra ou outras pessoas ou cidadãos. O trabalho se fixa, especialmente, em expor alguns limites que se produzem ao respeito de várias práticas que tem lugar na internet, aportando, com ele, argumentos centrados em considerar até que ponto, caso que de que possa produzir uma efetiva/positiva/completa/absoluta relação entre liberdade e Internet.

Palavras-chave:
Liberdade; Autonomia da vontade; Liberdade de Expressão; Internet; Dados Abertos.

Ler artigo completo.


Outras publicações
MP 944/2020 – LINHA DE CRÉDITO PARA PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESAS Governo Federal concederá empréstimos para pagamento dos salários de funcionários
06.04.2020

Por Lucas B. Linzmayer Otsuka, Jessica Gilbert Olenike e Ana Carolina Tsiflidis Na última sexta-feira (03/04) foi publicada a Medida…

MP 936/2020 – COVID-19 -Quais são as novas regras trabalhistas para enfrentar a crise econômica gerada pelo novo coronavírus?
03.04.2020

Por Lucas B. Linzmayer Otsuka, Jessica Gilbert Olenike e Ana Carolina Tsiflidis No dia 1/04 foi publicada a Medida Provisória…

Decretos estabelecem as atividades essenciais que podem seguir funcionando durante o período de isolamento
03.04.2020

Por Fernanda Andreazza e Mariana Seleme Visando diminuir a circulação de pessoas nas ruas, o governo federal e alguns governos…