PARANÁ INAUGURA PRÉDIO PARA SEDIAR AUDIÊNCIAS DE CUSTÓDIA
15.01.2016

O Tribunal de Justiça do Paraná vai inaugurar nesta sexta-feira (15/1) o Centro de Audiências de Custódia de Curitiba. O espaço terá celas para até oito presos e salas de audiência e de assistência social, medidas e penas alternativas e monitoramento eletrônico, além de gabinetes de promotores e juízes, da Ordem dos Advogados do Brasil, da Defensoria Pública e de psicólogos e assistentes sociais que integram a iniciativa.

O Paraná foi o sétimo estado a aderir ao projeto do Conselho Nacional de Justiça, que garante ao preso em flagrante o direito de ser ouvido por um juiz em até 24 horas. As audiências ocorriam até então em uma área administrativa do antigo Presídio do Ahú, desativado em 2006. O presidente do CNJ e do Supremo Tribunal Federal, ministro Ricardo Lewandowski, estará na inauguração. Com informações da Assessoria de Imprensa do CNJ.

Fonte: Conjour


Outras publicações
Advogado fala sobre telemedicina em evento no INC
14.05.2019

Para falar sobre telemedicina no Brasil e explicar a regulamentação do contato por aplicativos entre pacientes e médicos, o Advogado…

Evento Master Class 2019 – Governança e Nova Economia tem o apoio do escritório Arns de Oliveira & Andreazza
08.05.2019

O escritório Arns de Oliveira e Andreazza, acompanhando atentamente as mudanças sociais e econômicas que modelam o mundo a cada…

Marlus Arns em Foz de Iguaçu para aula em curso de pós-graduação
07.05.2019

Sócio do escritório Arns de Oliveira & Andreazza, o advogado e Doutor pela PUC-PR, Marlus Arns de Oliveira, esteve na…