Novidade jurídica: reforma trabalhista é aprovada pela Câmara dos Deputados
12.07.2017

Na última terça-feira (11) foi aprovado no Senado Federal o Projeto de Lei da Câmara (PLC) nº 38/2017, que trata da reforma trabalhista. O texto seguirá agora para a Presidência da República, que poderá sancionar ou vetar total ou parcialmente o projeto.

Para que o PLC fosse aprovado sem modificação no Senado, foi mencionado na mídia que a Presidência poderá vetar pontos mais polêmicos – como a extinção imediata da contribuição sindical sem nenhuma regra de transição – ou editar Medida Provisória para já modificar certas matérias.

A nova lei passará a ter vigência em 120 dias a partir da sanção no Diário Oficial da União. Como esta lei representará significativa mudança nas relações trabalhistas e sindicais, vamos elaborar uma cartilha com as mudanças trazidas com a reforma e disponibilizar a todos nas redes sociais.

 

Lucas B. Linzmayer Otsuka – Sócio do escritório Arns de Oliveira & Andreazza Advogados Associados e chefe do Departamento de Direito do Trabalho

Compartilhe
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Outras publicações
O compliance como mecanismo eficiente de gestão anticorrupção
19.07.2017

O Brasil passa por um momento econômico grave e turbulento. Sob o prisma empresarial, tal gravidade decorre de um cenário…

Marlus Arns de Oliveira – Compliance 2
17.07.2017

20 investigados da Lava Jato cumprem pena em casa com tornozeleira eletrônica
14.07.2017

Vinte investigados na Operação Lava Jato cumprem pena em casa, mas continuam sendo monitorados por tornozeleira eletrônica pela Justiça Federal…