Maternidade Victor Ferreira do Amaral recebe doação para a compra de aquecedores
04.04.2017

 

Na última sexta-feira, 31 de março, a equipe de projetos da Associação dos Amigos do Hospital de Clínicas se reuniu com a equipe do escritório de advocacia Arns de Oliveira & Andreazza Advogados Associados para receber a doação no valor de R$ 13.755,00. Esse recurso será usado para comprar aquecedores para a Maternidade Victor Ferreira do Amaral, que faz parte do Complexo Hospital de Clínicas, da Universidade Federal do Paraná.

A gerente de projetos dos Amigos do HC, Sheila Meneghette, explicou que a campanha começou em setembro de 2016, através de um site de financiamento coletivo. “Em fevereiro deste ano, o escritório entrou em contato com a gente e doaram o valor integral da campanha da internet”, disse Sheila. A doação é resultado de uma mobilização feita por todos os sócios e colaboradores do escritório. O Arns de Oliveira & Andreazza Advogados Associados é parceiro da Associação também na Campanha Nota Amiga, onde as pessoas doam suas notas fiscais sem CPF para a instituição em prol do HC.

Na reunião, duas enfermeiras da Maternidade Victor Ferreira do Amaral também estavam presentes, Danielle Wisnieswski e Silvana Pereira. Elas falaram sobre o trabalho que realizam dentro da maternidade e a importância dos aquecedores para regular a temperatura do ambiente para a mãe e bebê.

Além do valor doado pelo escritório, também foram arrecadados através do site de financiamento coletivo R$ 2.100,00, que serão usados para melhorar o atendimento das gestantes e dos recém-nascidos da Maternidade.

Foto 1

 

Foto 2

 

Foto 3

 

Foto 4

 

Foto 5

 

Foto 6

 

Foto 9

Foto 10

 

Fonte: Associação dos Amigos do Hospital de Clínicas

Compartilhe
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Outras publicações
O compliance como mecanismo eficiente de gestão anticorrupção
19.07.2017

O Brasil passa por um momento econômico grave e turbulento. Sob o prisma empresarial, tal gravidade decorre de um cenário…

Marlus Arns de Oliveira – Compliance 2
17.07.2017

20 investigados da Lava Jato cumprem pena em casa com tornozeleira eletrônica
14.07.2017

Vinte investigados na Operação Lava Jato cumprem pena em casa, mas continuam sendo monitorados por tornozeleira eletrônica pela Justiça Federal…