Lei que garante direitos a advogados que tiveram filhos é sancionada
28.11.2016

O presidente Michel Temer sancionou uma lei que define alguns direitos e garantias para advogadas e advogados que tiveram ou adotaram filhos. A Lei 13.363 foi publicada no Diário Oficial da União de hoje (28).

De acordo com a nova legislação, no caso de serem os únicos responsáveis por alguma causa, tanto o advogado como advogada que tiveram ou adotaram recentemente um filho poderão reivindicar suspensão de prazos processuais – no caso de mulheres, por 30 dias contados a partir do parto ou da adoção; e no dos homens, de oito dias.

A lei prevê também que gestantes passem a ter reserva de vagas na garagem dos fóruns de tribunais, acesso a creche ou a “local adequado ao atendimento das necessidades do bebê”, além de não precisarem ser submetidas a detectores de metais e aparelhos de raio X nesses locais.

Fonte: Agência Brasil

Compartilhe
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Outras publicações
Como se tornar um MEI (Microempreendedor Individual)
18.09.2017

Criado em julho de 2009, o Microempreendedor Individual (MEI) é considerado a porta de entrada para o mundo empresarial. É,…

Trabalho voluntário pode ser estratégico
14.09.2017

Até o ano passado, as ações sociais organizadas pela Johnson & Johnson no Brasil tinham um caráter somente filantrópico, mas…

Marlus Arns de Oliveira – Compliance 10
11.09.2017