Conheça campanhas (nada) convencionais para ajudar nesta Páscoa em Curitiba
31.03.2017
Um dos grupos pede doação de chinelos nesta Páscoa | Gazeta do Povo/Arquivo
Um dos grupos pede doação de chinelos nesta Páscoa – Foto: Gazeta do Povo/Arquivo

 

Não é nada incomum ver diversas campanhas arrecadando ovos de Páscoa, chocolates e doces para crianças carentes de Curitiba e RMC. Mas algumas campanhas saem do convencional e buscam ampliar o sentimento de solidariedade da data que vão além do chocolate.

Saiba como ajudar entidades e cidadãos da capital parananense nesta Páscoa:

Páscoa dos pés descalços – doação de chinelos para moradores de rua

O grupo Risoto de Rua, que atua na distribuição de alimentos e resgate social de moradores de rua iniciou uma campanha de arrecadação de chinelos. Até o dia 5 de abril, o grupo está arrecadando chinelos do número 37 ao 44 de qualquer marca. A intenção é arrecadar 200 pares e presentar todas as pessoas atendidas pelo grupo. Além dos calçados, há a opção de fazer a doação de R$ 10 para que os próprios voluntários façam a compra.

Os locais que recebem as doações e outras informações sobre o grupo estão no evento criado no Facebook.

Rock Solidário

Há três anos, o grupo Rock Solidário reúne amigos numa campanha de páscoa que busca arrecadar doces para crianças de locais mais distantes e muitas vezes esquecidos. Neste ano, o grupo se reúne em 8 de abril (sábado), para um evento em que bandas convidadas tocam de graça, doando o cachê para a compra de chocolates para crianças de quatro instituições da periferia de Curitiba e da zona rural de Morretes. As bandas Old Rock, Tinto Seco e Amanda Lyra e convidados tocam no evento, que arrecadará uma caixa de bombom como entrada, ou R$ 10, que será usado para a compra dos bombons. A intenção é que 500 crianças sejam beneficiadas.

O evento acontece no dia 8 de abril no bar Aqualung Brasil – Gabriel Corisco Domingues, 870, Boqueirão. O evento começa às 17h.

Manda notas

A Associação Franciscana de Educação ao Cidadão Especial (Afece) pede que, nesta páscoa, possa receber notas sem CPF de presente. Isso porque, em cada nota sem CPF cadastrado, a associação pode receber os impostos de volta, além de participar dos sorteios do programa Nota Paraná. Desde que o programa começou, a Afece já arrecadou cerca de R$ 70 mil em notas e sorteios, que fazem com que os atendimentos continuem na entidade. Mais informações na página da Afece no Facebook.

Páscoa na penitenciária

O escritório de advocacia Arns de Oliveira & Andreazza está arrecadando caixas de bombons que serão doados às mulheres presas na Penitenciária Feminina do Paraná, que fica em Piraquara. Com a campanha, o escritório busca arrecadar doces para 500 mulheres custodiadas e 100 agentes penitenciários que trabalham da unidade. As doações podem ser entregues na sede do escritório, que fica na Avenida Cândido de Abreu, 427, 7º Andar. As doações serão entregues no dia 7 de abril.

 

Fonte: Gazeta do Povo

Compartilhe
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Outras publicações
Prestar contas dá crédito para poder pedir novas doações, utilize a comunicação a seu favor
21.09.2017

O que é fundamental para uma entidade do Terceiro Setor? Recursos. E como chegar até eles? Há técnicas profissionais de…

Advogado criminalista grava série de vídeos sobre “Compliance”
20.09.2017

Para fomentar o tema e auxiliar empresas e escritórios, o advogado Marlus Arns de Oliveira, do escritório Arns de Oliveira & Andreazza…

Como se tornar um MEI (Microempreendedor Individual)
18.09.2017

Criado em julho de 2009, o Microempreendedor Individual (MEI) é considerado a porta de entrada para o mundo empresarial. É,…